segunda-feira, 28 de maio de 2012

20/05/2012


O poder da força que vem de dentro

Muitas vezes, achamos que somos lideres das situações por saber exatamente como elas funcionam.  Exatamente por isso passamos por testes, temos a experiência prática e temos que refletir a junção da teoria na pratica.
Em muitos desses testes eu achei que sabia muito, pode até ser que eu soubesse, mas pelo caos interior e exterior parece que a gente esquece aquilo que a gente sabe com grande embasamento teórico.
A busca é infinita e temos que tê-la como acompanhante, a viagem dentro de si mesmo é cheia de montanhas, cascatas e vulcões.
O grande aprendizado é quando percebemos o quanto aquilo foi bom e o que realmente pudemos aprender com aquela situação que refletirá em muitas ações que chegarão a você.  O jeito que a situação acontece e o resultado eu ela vai ter em sua vida é determinada pela forma com que você lida e se comporta com a situação diante dos fatos.
A grande sacada do perdão, é você realmente chegar ao limite de um ciclo, curto ou de uma vida inteira de pensamento ilusório, saber tirar proveito de todas as qualidades que foram intensamente desenvolvidas e ser grata por tudo que viveu, independente de terem sido doloridas ou não.
A dor se sofre, se você a deixa ir, ela se desprende depois de bem sofrida.
A dor quando passa, vira cicatriz, a lembrança da dor que originou aquela cicatriz só te invade se você deixar e lembrá-la como foi na época, senão... fica só uma lembrança sem você ter que necessariamente reviver aquela dor eu já foi sofrida.
É por isso, que as dores tem que ser sofridas e os melhores aprendizados vieram de dores intensas, físicas e emocionais.  Sinta uma vez, cinco ou quantas forem necessárias, mas a deixe ir embora, pra conseguir isso é só não deixar seu subconsciente liderar a sua consciência.
A sua consciência faz o seu reino, é o seu lar, é a sua casa maior de amor próprio a sua própria vida.
                                                                                                                                                          Michelle Bignardi
20/05/2012

Nenhum comentário: