segunda-feira, 28 de maio de 2012

30/04/2012



Ultimamente tenho tido experiências inacreditáveis, muita coisa boa acontecendo e dias intensos.
Acho que foi o prazer da fotografia, em meados de outubro do ano passado, tive uma decisão, tracei objetivos e os concretizei, o mais importante deles era fazer minha vida ter emoção novamente. Me sentir verdadeiramente viva.
A fotografia me trouxe isso.
Tenho visitado muitos lugares, conhecido muitas pessoas, vivido tudo intensamente, procurado novas oportunidades e reciclando meus princípios e valores.
E ao o que se deve dar importância na vida, sentimentos como solidariedade, gratidão, satisfação, prazer e intensidade. Tudo que eu mais gosto de sentir na vida. E tudo,tudo, tudo teve a ver com a fotografia. Então eu só tenho que ser grata, por ter descoberto uma forma de satisfazer prazeres imensos dentro de mim.
Visitei lugares surpreendentes, onde pude ser eu mesma, sem nenhum problema com isso. Porque todos eram acolhedores, praticavam a compaixão. Muito amor, muita paz e muita consciência em pauta.
Um lugar onde se pode se sentir  bem consigo mesma, e quando não se sente, põe pra fora e elimina. Lá conheci pessoas importantíssimas, pessoas gratas e pessoas humanas.
No meio de muita turbulência profissional e na luta pela sobrevivência em um mundo rápido e sagaz.  Fazendo-me forte para superar esta saga.
Conheci a Deusa Sagrada e um ser humano fantástico.
Essas duas coisas me trouxeram a força que eu precisava. Pra realmente fazer tudo que eu quero.
A fantástica, me fez me sentir a vontade e realizou todos os meus desejos mais intensos. 
As duas personagens que mexeram comigo,  que me faz me sentir bem, pra buscar o que eu realmente quero.
Novamente chego perto ao estado de evolução e expansão da consciência que eu tanto quero chegar. Quero me eternizar.
Perder todos os meus medos e desvendar todos os segredos que existem na natureza diz a Deusa Sagrada.
Aos poucos a esperança ressurge e quando ela vem, eu entro em êxtase existencial.
E viver todo esse bem estar, me emociona muito, porque são simples e vai tudo de encontro com o   que eu quero pra mim.
Michelle Bignardi
30/04/2012

Nenhum comentário: