sexta-feira, 14 de junho de 2013

sobre os acontecimentos sp

o mes tem 30 dias, se preciso me locomover para 3 locais diferentes de metrô, consequentemente terei que voltar mais 3 passagens, 3 locais - 6 passagens 19,20, se eu usasse durante  1 mes seriam 576,00 reais....... quem é que aguenta????? cade o projeto do passe livre que pagaria-se 160 reais e usaríamos o quanto quiséssemos?


quinta-feira, 13 de junho de 2013

estranhezas

Está tudo tão esquisito de novo... 
Noticias de quem eu precisava, não tenho até hoje. 
Tudo mudou e parece que realmente um mundo desabou.
Nesses tempos vi, o cumulo do cinismo, a falta de carater se personificando em forma de seres humanos, muitas tempestades de goro e rogação de pragas nas minhas costas, amigos se fingindo de tontos pra beneficio proprio ou omissao. Passei a peneira em muitas coisas e muitas mascaras caíram.
 Aprendi que o mundo não é do jeito que eu gostaria que ele fosse, que as pessoas são más e cruéis e que poucos, são selecionados e poucos suportam tanto. 
Descobri que as pessoas fingem ser o que não são, só pra se aproveitarem das situações. 
E que o mundo que eu fui educada, onde devíamos amar ao próximo como a mim mesmo, não se passa de teoria: quanto mais você oferece sua face em soliedariedade, mas vao te esbofetear, que os bons, com o tempo, se tonam na verdade, trouxas.  Que a boa vontade é algo estranho, que a maioria não conhece, que passa-se por ridicula a ponto de virar motivo para te passarem pra traz, ou então te deixarem de lado. 
O que é isso? o que é isso?
Onde se acha parceria, solidariedade e outras quinhentas mil coisas. Se educa pra ser o mais justo dos seres humanos possiveis e só se ferra com isso?
Tem algo estranho está tudo invertido. 
Aquele que engana, usa, suga conquista. 
Aquele que ajuda, se sacrifica, tem valores sempre perde.
Que mundo é esse que se só se ganha dinheiro, se vc for estranho.

Santo Antonio vem me ajudar :D



Musica: 




terça-feira, 11 de junho de 2013

domingo, 5 de maio de 2013

o sentimento

o sentimento saudade...
saudade daquilo que nunca viu, do abraço que nunca sentiu, da vontade de te ver envolta.... comigo...
que sentimento é esse que nasce dentro de mim?
um vazio tão grande, que gera um querer
nasce um sentimento, sem fundamento
tão real e certeiro como se não houvessem duvidas
-sim, agora chegou meu amor.
Que sentimento, tão louco é esse?
que me faz te amar e te querer a cada dia que passa...
por ainda... mais distante que esteja.






terça-feira, 16 de abril de 2013

O ser humano é complicado, por um lado por não explicar as coisas e por outro, quando insiste que não quer ver o obvio.
O mais estranho é pensar, que você deixa de ser tudo que é, pelo julgamento que o outro pensa de si e passa a ser para ele, só aquilo que ele quer ver.
Tudo de valioso e concreto... evapora... como o mais volátil dos líquidos e o mais efêmero dos cheiros... aparece e desaparece.

estou fora do mundo? ou o mundo está fora de mim?

sempre a duvida.


quinta-feira, 4 de abril de 2013

a vida no cinema é uma loucura, você passa por muitos altos e baixos, mas compensa.
ontem eu me formalizei, tirei meu MEI e agora posso exercer as seguintes funções:

- Fotografo
- Comercio ou artigos de foto e filmagem
- Editor de video
- Filmador
- Produtor
-Artesão em madeira
- Comercio ou produtos de limpeza

Mas muita coisa mudou, eu me canso, é bem desgastante fisicamente, mas por outro lado me deixa livre, ser freelance é bom por isso, você não precisa aturar, quem você não gosta por muito tempo.
E os que você gosta... você os mantém.

Um exemplo das maravilhas que esta vida livre me proporciona é o fato de trabalhar 4 dias seguidos, arduamente, mas depois, ter a liberdade de descansar meus pés, trabalhar mais 4 ou 5 de casa, ter o final de semana para o lazer e descansar até a próxima pegada, que pode ser curta, pode ser média e pode ser de 3 meses.


que medo que me dá só de pensar que a minha ansiedade pode estragar tudo, ela sempre estraga tudo, mas procuro sempre pensar que ela estragou tudo... porque simplesmente não era o momento. E que como eu sempre defendi, desde que escrevi aquele livro... tudo acontece na hora certa e na hora que tem que acontecer. 
Eu tenho uma vontade louca de te conhecer, de ter a certeza que você esta comigo, que preciso de segurança, procuro demais, sou ansiosa e estrago tudo heheh. 
Será então penso eu, que ela teria paciência pra me entender e só me acalmar. To aqui, vou sumir, depois eu volto... eu tenho medo dela ir embora antes mesmo dela chegar. 
É tanta saudade, que me dá vontade de ligar, não que eu seja assim, eternamente. Mas tem uns horários cruciais, ao acordar, ao dormir e em algum momento importante. 


quarta-feira, 3 de abril de 2013

Quando penso em você

Quando penso na possibilidade de ter te encontrado, fico tão feliz...
Cada busca, cada tempo que fiquei te procurando, sempre atenta, observando os sinais de onde você poderia estar, das orações em momentos de profunda solidão e da forma que pedia a sua companhia a Deus. 
Em minhas conversas internas, sabia o que eu queria, beleza interior inteligada com beleza fisica, inteligencia e humor, entre as outras coisas que já vi em você...

e claro..... diante de momento... tão delicia de uma possivel nova paixão... 

não pode faltar a musica...




quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

RETROSPECTIVA 2012

RETROSPECTIVA 2012

De janeiro a maio, estive tentando morar em São Paulo, o que estava sendo tentado desde 2005, mas ainda não era hora. Fui a feira Fotografar 2012, um dos marcos para minha iniciativa e desejo de conseguir vir pra cá.
Lá conheci uma querida amiga que fiz, Daniela Margotto, onde conversei bastante e me deu muita força e aumentou meu desejo pela fotografia, pelo amor que ela tem ao que faz.

Outra mulher fantástica que conheci no mesmo congresso, foi Sue Bryce, uma das melhores fotógrafas do mundo. Sim. Do MUNDO. Historia de vida forte, mulher de personalidade forte, super profissional e eficiente. Faz fotos simplesmente, magnificas. A Rainha da Foto Glamour.





De maio a outubro, já em São Paulo como moradora, estive trabalhando na Campanha do Gabriel Chalita, onde tive a oportunidade de ir a muitos lugares e conhecê-lo.
Agradeço pelas missas que fui nesse período. Belíssimas.



Conheci um monte de gente, boas e ruins, o aprendizado foi gigantesco, como uma escola mesmo.
Na confraternização de quebra conheci Dudu Nobre.



Reynaldo trabalhando na Campanha também, com ele conversava sobre como a mulher deixou de ter seu charme natural muitas vezes, pra entrar em uma "onda banal". A sensualidade ficou meio escassa e a vulgaridade reinou. E tive a honra de tê-lo aí, neste dia, meu aniversário de 30 anos :)


Fiz amizade com Ester Bazan, uma jovem fotógrafa, muito talentosa. Me abriu os olhos e me fez voltar a olhar, pra dentro novamente.



E fiz amigos, do bem, esse é um dos, um fotografo de renome Russo Loyola, sempre que sobrava um tempinho, me dava aulas informais de fotografia, eu perguntava e ele ensinava naturalmente. Meu Fado Madrinho na fotografia. Tenho o olhar, me faltam as técnicas. Também no meu aniversário de 30 anos.